}

5 de dezembro de 2010


Boa noite, pessoas que visitam meu pequeno mundo. Estou aqui para informá-los que a tão chegada hora do descanso e equilíbrio da minha mente está próximo. Posso sentir o cheiro da tranquilidade em datilografar os meus textos, aqueles que vêm no escuro da noite ou em horas simultâneas onde o mínimo detalhe envolve-me numa leiga estória. Criei meu blog - primeiramente - para postar uma redação, isso é vergonhoso de admitir. Porém, conselhos para criá-lo vieram de muito tempo atrás. Amigos que vivem diariamente comigo, diziam que deveria anotar os meus momentos quando frases impronunciáveis eram faladas. Minhas respostas vagas, mas ainda sim intimistas nos sentimentos das pessoas fez com que continuasse publicando minhas epifanias. Não sou lá uma grande escritora, ainda tenho que aprender e muito para tornar-me-a uma, contudo se não desistir agora chegarei rapidamente no meu foco. Enquanto isso, vocês que lêem meu blog, terão que de habituar com minhas epifanias momentâneas e, claro, espontâneas. Obrigada, esperem o fluido da minha próxima querida epifania.