30 de outubro de 2011

Maneira de amar.

Tumblr_lfc4h5qfat1qf1jubo1_500_largeCada um possui sua maneira de amar. Há aqueles que apenas num doce sorriso se apaixonam e há aqueles que se entregam apenas numa troca de sussurros ao pé da noite num domingo e, logo: se apaixonam. Outros precisam de outros para confessar o que está guardado. Alguns apressam os passos e ficam completamente suados apenas pelo triste acaso de se encontrarem numa rua qualquer. Mas quando se amou inúmeras vezes? Poderia escolher o amor correto? O amor justo e eficaz? Ou o amor paixão que não se importaria de ser apenas por um dia e sim que o amor existisse? Existira uma solução correta para essa questão? Dizem que viver intensamente é a maneira mais correta e não se arrepender é o complemento dela. Mas quando fechamos nossos olhos e pensamos nas oportunidades perdidas e aqueles momentos onde falhamos, descobrimos o quanto estamos arrependidos. Erro é uma experiência. E o acerto? Tudo é apenas uma etapa sem chegada ao final. Não podemos guardar aquele aprendizado por um amor perdido ou iludido para um outro amor, cada pessoa é um mundo e nele há sua maneira de viver e se adaptar. Não use seus lábios onde se precisa usar um abraço apertado, as pessoas são diferentes.  Apenas queria saber quais deles era o seu amor. Por que, pensando bem, com todos sentimos um tremor na barriga e suor nas mãos. Sonhos românticos e imaginação do impossível em cenários possíveis. Não podemos dizer que estamos no caminho errado, seria como olhar o passado e apagá-lo eternamente – talvez seja a caminhada fraca, precisa caminhar mais e pensar um pouco mais. Cada um trouxe alegria, tristezas e lágrimas corridas, mas procura-se um que seja uma mistura de tudo e ainda acrescente longos dias ao lado da nossa vida. “Talvez assim eu pense que será um amor eterno. Talvez eu não queira mais arriscar em outros amores”. 

Ela

Ela
Olá, me chamo Arianne Morais e faço Letras na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Criei o blog Eppifania no final de 2010 com a intenção de compartilhar meus textos pessoais. Antes, eu adotava o pseudônimo "Arianne Barromeu", mas em 2017 isso mudou. Além de postar contos e algumas crônicas, o blog também conta com resenhas e indicações de livros.

Mais visitados

Minha estante #LeiaMulheres

Minha estante #LeiaMulheres
Ler mulheres é importante! Acompanhe o que estou lendo em @ariannecmorais e @blogeppifania

Receba os posts por e-mail: