}

8 de abril de 2012

Sonhe comigo



Couple,nude-7c2039ec58c3cd8436394176c902a1af_h_large


Bom dia, meu amado.
Hoje recebi o seu recado e, de muito bom agrado,
Guardei na nossa doce lembrança.
Os sonhos que foram acordados e as promessas que foram perdidas
Ainda guardam um pingo de vida -  mesmo que sem beijo,  mesmo sem nossa despedida.

Boa noite, meu amado.
Seu sorriso não se faz mais presente
Mas o seu cheiro, ah o seu cheiro...  Ainda está em muita harmonia.
O teu perfume ainda misturado no meu: Eterno, louvado, desejado.
Não dura para sempre, amado meu, mas dura.

Sabe, meu amado.
Eu sei da realidade, eu sei dos labirintos que nos afastou.
Eu sei que nem a janela aberta irá trazê-lo de volta
E que nem uma oração operará tal milagre: Seu, sua.
Pode aguentar mais um pouco e talvez trilhar os pensamentos?

Mesmo que não haja um infinito, meu amado, mesmo que não haja um para sempre.
Formaremos o nosso próprio infinito lançado nos nossos sorrisos.
Sinta um abraço que é só teu vindo de mim e mande outro para cá.
Não espere por um sinal, um aviso, um recado, um mandato
Apenas crie novos sonhos.

Sonhe comigo, comigo sonhe.
E, quando isso um dia acabar, quando não conseguirmos mais sonhar.
Veremos o final de um infinito prometido.
Calma, já não vai mais doer... Apenas criar novos sorrisos. Sorrisos de lembranças.
Mas, comigo sonhe, amado meu, sonhe comigo.