}

2 de maio de 2013

30days: 2. A mulher que não sabia votar

560270_275892222510702_2020638588_n_large

Ela tinha 13 anos quando o voto feminino começou a ser obrigatório no Brasil, em 1946. Voto sem restrições, sem a necessidade da permissão do marido, sem a restrição de renda ou cor. Ela tinha apenas 13 anos e, em todos os anos, mas necessariamente por volta dos seus três últimos anos, ela sempre assistia as coordenadas que seu pai dava para sua mãe quando chegava o momento do voto. Na verdade, isso fora apenas no segundo ano quando as eleições estavam a solta pelo Brasil. Seu pai com aquela voz grossa e de notória presença dizia a sua mãe que ela deveria votar naquele candidato e não precisaria ouvir porquês, afinal, ele, o homem da casa, estava dizendo o certo e aquele candidato colocaria o país nos eixos. A moça em questão percebeu que a única coisa que mudara de um ano para o outro fora a permissão que sua mãe precisaria do seu pai para votar ou não  naquele ano, porém, as coordenadas eram as mesmas: o pai dizia, a mãe acatava. A moça nunca teve a curiosidade de perguntar o porquê do seu pai saber mais que as duas mulheres da casa.

A moça cresceu e não condenava a maneira que seu pai reagia em todas as eleições - ela confiava nele e via aquele momento como prova do seu amor. Aquilo não era um erro para ela, mas envergonhava as mulheres que lutaram pelo seu voto. Aos 18 anos também recebeu aquela chamada do seu pai para a eleição e, como uma boa menina - seu pai sorrira - votou num candidato sem a miníma vontade. Pensou que aquilo tudo era uma perda de tempo e agradecia baixinho pelo seu pai tê-la ajudado a votar. Afinal, ela pouco se importava, só queria receber a aprovação do pai.

30 dias de escrita, dia 2 (escreva sobre algo histórico) 
Escolhi sobre o direito do voto feminino no Brasil.



OBS: Espero que tenham lido o miniconto e tenham entendido a metáfora/sarcasmo/ironia. Você não entendeu a colocação nem entendeu como era o antigo sistema de votos no Brasil? Saca só essa postagem e entenda > Direito de voto feminino <