}

30 de maio de 2013

30days: 30. O que é escrever pra mim

Large

Algumas pessoas precisam pular de paraquedas para sentirem a adrenalina surtir efeito dentro de si, comigo, as coisas são diferentes. Comigo, a cada linha que escrevo até chegar ao seu ponto final, é uma sensação de suspense mais adrenalina para saber como irá terminar aquele período. Preciso estar em contato direto com o personagem ou comigo mesmo para saber lidar com aquilo que estou escrevendo. Tem dias que chego ao céu, tem dias que chego ao inferno. A gente nunca sabe qual será o nosso destino. Escrever pra mim é além de encontro consigo mesmo, é uma maneira sensível de conectar-se com alma. Transmitir o que ela é e o que ela sente. O desconhecido que pode se tornar perigoso. Escrever pra mim também é uma aventura, apego, saudade, amor, compaixão, raiva. Não é apenas alívio, às vezes sinto aflição - poucos sabem, mas escrever é um risco de morte que poucos tem a coragem de enfrentar. A escrita também pode ser bipolar: uns dias pode ser amor, outros dias pode ser apenas dor. Pelo menos é o que é escrever pra mim. E quando conseguimos atingir outra pessoa através das nossas palavras, bem, aí pode ser considerado um pedacinho do céu. E para quem não acredita em céu, eu posso considerar que é algo que não conseguimos medir, apenas sentir e demonstrar num sorriso. O sorriso mais sincero que você possa imaginar.



(Projeto 30 dias de escrita, dia 30 - Escreva sobre o significado que é escrever pra você)

****


"Nota da blogueira: Eita, gente! É com alegria e satisfação que eu digo: Hoje é o último dia do projeto de escrever todos os dias! Gente... Foi sufoco, viu! Tinha dias que só podia postar na page e, por isso, algumas pessoas estranharam não encontrar o texto aqui! Eu tenho um link onde estão todos os textos e seria ótimo se você pudesse conferir. Você precisa estar logado no facebook e clicar aqui > Textos do projeto 30 dias de escrita < Qual foi o texto que você mais gostou? Diz pra mim aqui no post ou lá no facebook. 

Também quero agradecer a todos que sempre estavam por aqui... Acompanhando, comentando e tudo mais. Vocês não sabem como esse retorno é importante, não para que eu escreva, mas como estímulo mesmo. Dias atrás eu pensei em tirar a opção dos comentários, mas depois muitos leitores pediram para que eu não o fizesse, então, ele continuará por aqui. Então, pessoal! É isso! Em breve o blog irá voltar as postagens normais. :-) Beijão, Arih!"