}

3 de março de 2012

Desabafo #XXI

Tumblr_m09nme1oh01rp6lylo1_500_large



Respirar, respirar, respirar... Um olhar sobre a esperança que nasceu dentro de mim. É triste viver sem amar. Amar sem tristeza é outro tipo de amor. Busco a semente que sinalize um amor conjunto e que as dores venham acompanhadas de um sorriso sincero. Um sorriso natural. Não tenhamos pressa de regar uma semente tão pura, tenhamos pressa de achar a pureza misturada em ousadia. Respirar um ao outro e deixar expelir dentro de nós um pouco de cada um.  Essências misturadas jamais podem se separar. É como um pacto: Eu sou você, você sou eu. Acredito na possibilidade de dois caminhos se cruzarem e caminharem juntas, mesmo que sem direção, sempre juntas. A vida não é uma linha reta, até vírgulas ela possui. Não seja minha vírgula nem ponto e nem ponto vírgula, seja minha contínua linha paralela. Aquela que segue direto, segue em voltas e, algumas vezes, em círculos, mas que seja sempre haja sua linha junto da minha. Podemos nos desviar (irmos por caminhos diferentes quando surgir uma pedra em nossa frente), mas nos reencontrando depois do desvio não tem problema. Matamos a saudade entre nós. Aquela saudade que apenas meu coração tem de você e que você tem do meu. Uma esperança que nasceu quando lhe vi dentro de mim, dentro de um tesouro chamado coração. 







Ps: A continuação do conto será postado semana que vem, me desculpem. Realmente não tive tempo nessa semana para continuar a escrever ele, apesar de já imaginar como tudo vai acontecer ou não. Fiquei muito feliz nessa semana, algumas pessoas me adicionaram no facebook (aqui o perfil) perguntando sobre a continuação do "A nossa história". Eu vou continuar sim, não se preocupem. Obrigada por tudo e pelo enorme apoio de todos vocês. 

Mudei a página do blog, agora é: Blog: Eppifania. Vamos curtir? Preciso de vocês!
Arih